Qual o endereço IP do seu carro?

Esta semana fui fazer uma visita presencial, fazia um bom tempo que não pegava o trânsito aqui em São Paulo.
No final da visita ao me despedir comentei que normalmente fazia as reuniões via web, o gerente comercial curioso perguntou:
– Mas logo no primeiro contato você já quer fazer webconferência, como você consegue vender assim?
Para responder a pergunta mostrei para meu novo colega meu smartphone, abri o aplicativo do LinkedIn e mostrei minha rede de contatos com 30 mil nomes.
Na sequência mostrei a área de mensagens que troco todos os dias com os contatos no Linkedin, no final demonstrei para ele no Simple Pack como faço a captura dos dados dos contatos e encaminhar as apresentações e propostas automaticamente.
Para muitos negócios a visita presencial é fundamental para o fechamento do pedido, contudo estamos evoluindo para a praticidade das webconferências, através do Hangouts, Skype e WhatsApp. Realizar apresentações, encaminhar documentos, conversar diante da pessoa com imagem é cada vez mais acessível para todas as pessoas e empresas no planeta.
Quando cheguei no escritório fiquei curioso como a indagação do gerente, antes de escrever este artigo respondi 200 mensagens da minha rede de contatos, encaminhei 80 felicitações de aniversário, enviei 161 parabenizações pelo novo emprego e pela promoção. Fazendo uma conta rápida são mais de 400 contatos realizados em apenas uma hora de trabalho utilizando meu smartphone, claro que com o apoio das funcionalidades do LinkedIn.
Todo o conteúdo das interações com os contatos são encaminhados para o Simple Pack, para que eu possa medir o grau de maturação do relacionamento comercial e interesse em comprar o Simple Pack CRM.
Concluindo na prática, por assim entender, é como se eu fizesse mais de 500 visitas por dia, maximizando as possibilidades de vendas do meu produto, então na verdade a placa do meu carro tem o endereço IP da rede.