Indicadores de performance para vendas

Uma das tarefas mais árduas para qualquer administrador de vendas é compor seus indicadores de performance.
A primeira pergunta a ser respondida sempre será “Quanto vamos faturar este mês?”, contudo a construção da resposta deve ser pautada em indicadores, e não em percepção ou “Feeling comercial”, dados e informações coletadas ao longo mês, mas como conseguir estruturar esses indicadores? Como organizar os dados para modelar um indicador?
É bastante comum dentro da área comercial trabalhar apenas a informação macro, pois o dia a dia é tão corrido que não dá tempo para “ficar preenchendo detalhes”, é exatamente neste ponto que o administrador perde o contato com a parte mais importante na construção dos indicadores.
Tenho trabalhado longo dos artigos perguntas como:
Quantas ligações sua equipe faz por dia?
Quantos e-mails são encaminhados?
Quantas visitas são feitas?
Quantas reuniões são realizadas por dia?
É muito difícil conseguir responder essas perguntas pois “naturalmente” a equipe comercial viver um dia tão corrido que não consegue visualizar a importância dos pequenos apontamentos.
– Novamente retornamos a dificuldade em construir os indicadores como:
Percentual de ligações realizadas para prospecção de novos clientes, follow up de propostas, negociação e fechamento de pedidos.
– Quantidades de propostas emitidas por dia, por vendedor, estágio de cada uma e percentual de fechamento de pedidos.
Sem a coleta dos dados, a centralização e organização da informação é impossível conseguir estruturar os indicadores que ajudarão a melhorar os resultados e fechamento das metas de faturamento.
Falando um pouco sobre tecnologia, é preciso ter um olhar bastante crítico sobre as planilhas e a quantidade de emails internos, estes recursos não geram outra coisa senão quantidade de bit e Byte inúteis, pois organizá-los e quantificar torna-se um trabalho hercúleo, consolidando desta maneira a visão equivocada que trabalhar apontando os detalhes do dia a dia seja perda de tempo e tire a produtividade.
Devo falar honestamente sobre a plataforma que representamos, o Simple Pack CRM. Nosso propósito principal ao desenvolver o produto é oferecer uma plataforma de trabalho que centralize os dados, organize a informação e permita automatizar os processos de vendas, muito além de botões e cores trabalhamos o principal que é a construção de indicadores de performance para ajudar a sua empresa alcançar o que realmente interessa crescimento no faturamento.